domingo, 14 de agosto de 2016

* ~ Livre de Rótulos

Olá pessoal :)

Hoje vim aqui compartilhar mais uma das minhas loucas reflexões. Não sabe do que estou ‘falando’? Então clique aqui e dá uma olhada no post anterior *~ Reflexões.

Para quem acompanha o blog sabe que, em um de meus posts, me declarei uma bruxa wiccana, mesmo não fazendo parte de nenhuma tradição, mesmo sendo autoiniciada, mesmo os outros não me aceitando como wiccana. Acontece que eu, como sempre, resolvi me questionar novamente e eis que cheguei a uma conclusão perfeita (para mim, lembre-se que é minha opinião pessoal ;), não me considerarei mais wiccana.

Coloquei as caras nos livros, estudei várias outras religiões pagãs, várias outras filosofias e caminhos, e não me encaixei em nenhum. Fiz questionamentos a mim mesma, os mesmos que fiz antes de escrever a minha primeira reflexão no blog, mas dessa vez, me respondi com mais sinceridade, respondi com o âmago do meu ser, sem me importar, definitivamente, com a opinião dos outros e com a minha necessidade de ter um rotulo.

Estava afastada das minhas praticas, meu altar estava um caos, assim como eu. Não tinha ânimo nem pra me por de frente pro altar pra acender uma vela ou um incenso, nem mesmo simplesmente para agradecer. Estava desanimada, e o pior de tudo, eu mesma estava me desanimando, criando problemas sem necessidade, enfim... rs

Decidi com muito esforço, meditar, e eis que levei um tapão na cara (veja bem, é no sentido figurado tá? rs) da Deusa, ela simplesmente olhou pra mim e disse: “Porque tá tão preocupada com isso? Pra que se dar um rotulo menina, você acha que quando morrer isso fará diferença? Acha mesmo que isso importa? Nos tempos antigos não existia nada disso, eram bruxas e pronto. Seguiam sempre a intuição, e faziam por amor e prazer, faziam porque gostavam, então faça sem se importar com rótulos, sem se importar com o que vão dizer, você é uma bruxa e sabe o que fazer!”

Pois bem... depois disso minha visão mudou, consegui sair do abismo, e resolver os problemas que eu mesma criei. Aos poucos fui me animando, limpei e arrumei meu altar, voltei a meditar, voltei a estudar assuntos parados a algum tempinho, sempre que posso escrevo no meu Livro das Sombras, e prático a magia no meu dia a dia, consegui finalmente ver a magia em tudo.

Não vou ser hipócrita e dizer que a wicca é ruim, que não presta, NÃO. Eu sou extremamente grata a religião wicca, foi através dela que eu conheci e entrei no mundo da bruxaria, que eu conheci a Deusa e o Deus, tive inúmeras experiências, foi graças a ela que eu criei o Trívia Luna e é graças a ela que eu sou, quem sou.

Muito do que pratico, e continuarei praticando, faz parte da wicca, como a Lei Tríplice, pra mim ela faz muito sentido, então faz parte da minha crença, existem coisas na Bruxaria Tradicional que também servem pra mim, então passarei a usar, mas sem me rotular.

Hmm... Agora ficou confuso, o que eu sou então?

Bom... rs
Por esta razão decidi escrever este texto, para esclarecer não só a vocês, mas esclarecer a mim mesma, que eu sou uma bruxa, livre, livre de rótulos, livre de qualquer julgamento externo, continuo minha caminhada, sou bruxa, pagã, honro e celebro a natureza, sou ‘apenas’ eu e os Deuses.

E por aqui se encerra mais essa reflexão.
Gratidão a você que teve paciência de ler até aqui, peço por gentileza que, se não concorda comigo em qualquer aspecto que for, seja educado, e não utilize de ofensas para expressar sua opinião.

Este texto é um desabafo e uma das maneiras de me expressar, não é regra e nem estou querendo te converter a minha nova filosofia. Abençoados sejamos todos nós, até a próxima ;)




Importante: A reprodução total ou parcial deste texto é proibida e protegida pela lei do direito autoral nº 9610 de 19 de fevereiro de 1998. Proíbe a reprodução ou divulgação com ou sem fins lucrativos, em qualquer meio de comunicação, incluindo a internet, sem aprovação do autor.

8 comentários:

  1. Arian amei o texto falou td minha irmã tbm concordo.Amei o texto ótima explicação.Blessed be.

    ResponderExcluir
  2. Está certo, por incrível que pareça algo me chamou atenção em sua publicação mais não abri pensando que seria mais uma postagem fútil, algo me estimulou para abrir então li sua postagem e me deparei na mesma situação que você...força irmã e luz...achava que só eu tentei me rotular mais somos livres...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Binho, gratidão por seu comentário!
      força para todos nós :)

      Excluir

 
By Trívia Luna